fbpx

NOSSO BLOG

COMPENSA ABRIR UMA FRANQUIA ODONTOLÓGICA?

A maioria dos novos profissionais de odontologia sonha em ter sua própria clínica. Mas já deve ter passado pela sua cabeça se realmente compensa abrir um negócio próprio ou então uma franquia.

Abrir um novo estabelecimento é sempre um desafio. Então, acompanhe este artigo e veja os pontos de cada um.

Começar do zero é bastante trabalhoso e, às vezes, até um pouco cansativo. Isso porque é preciso fazer um bom planejamento para garantir que todo o esforço tenha um ótimo retorno. Porém, já na fase inicial surge àquela dúvida sobre fazer tudo por conta ou se compensa abrir uma franquia odontológica.

Então, confira este comparativo de como é abrir uma clínica do zero ou adquirir uma franquia da Sorrix!

ABRIR POR CONTA PRÓPRIA

Se você decidir fazer tudo sem o apoio de uma empresa, será o responsável por:

  • Criar um nome para a marca, assim como toda a identidade — logo, cores, elementos visuais que ajudam a compor essas características;
  • Procurar um espaço para alocar a clínica;
  • Resolver a documentação — criação do CNPJ, solicitação da autorização de funcionamento para a ANVISA, registro no CRO, entre outros;
  • Buscar e avaliar fornecedores de materiais e lojas para comprar os equipamentos;
  • Contratar e treinar profissionais;
  • Fazer publicidade, administração e finanças ou contratar alguém que fique responsável por essas áreas.

 

ABRIR UMA FRANQUIA

Com uma franquia da Sorrix, o processo é o seguinte:

  • Investimento inicial para obter os direitos da marca;
  • Autorização para usar nome, logo, slogan e toda a identidade visual já definida pela empresa;
  • Respaldo para a resolução de temas burocráticos com os agentes reguladores;
  • Auxílio na busca de um espaço dentro das proporções contratadas;
  • Instalação e equipamentos já inclusos no investimento feito, criando clínicas que seguem um mesmo padrão universal;
  • Treinamento de funcionários;
  • Suporte para ações de marketing, apoio para entender conceitos de administração e uso de software de gestão.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram